Vinhos Gastronomia Portuguesa

Warning: include(): http:// wrapper is disabled in the server configuration by allow_url_include=0 in /home/expolus/public_html/gastronomia/HTML/vinhos/publicidade.html on line 1

Warning: include(http://www.expo-lusa.net/ads/ad.php?gastro1): failed to open stream: no suitable wrapper could be found in /home/expolus/public_html/gastronomia/HTML/vinhos/publicidade.html on line 1

Warning: include(): Failed opening 'http://www.expo-lusa.net/ads/ad.php?gastro1' for inclusion (include_path='.:/usr/lib/php:/usr/local/lib/php') in /home/expolus/public_html/gastronomia/HTML/vinhos/publicidade.html on line 1

  Home Page

  Regiões Demarcadas

Sem paralelo em qualquer outro País, adoptou-se em Portugal a classificação de verdes e maduros.
A importância dos primeiros no norte do País e as suas características é que conduziram a esta classificação. Mas, com a entrada de Portugal na CEE, esta classificação teve de se adaptar à que vigora naquela organização.
Como tal, são considerados os seguintes tipos de vinhos:

- Vinhos de Mesa: todos os vinhos provenientes de castas recomendadas que obedecem a certas características analíticas. Podem conter indicação de proveniência geográfica, desde que a mesma não se confunda com qualquer VQPRD. Os vinhos de mesa, se resultarem de lotes, perdem o direito a esta designação.

- VQPRD: "Vinho de Qualidade Produzido em Região Determinada"
Vinhos de qualidade alta, com número limitado, obtidos a partir de castas constantes de uma lista aprovada, provenientes exclusivamente de uvas produzidas numa região determinada.
Têm que obedecer a normas e características respeitantes a cor, limpidez, aroma e sabor.

Os VQPRD têm que mencionar esta característica no rótulo, a qual pode ser substituída por outra equivalente: RD "Região Demarcada".

- DOC: "Denominação de Origem Controlada"
Vinhos cuja produção está tradicionalmente ligada a uma região geograficamente delimitada e sujeita a um conjunto de regras com legislação própria.

- Vinhos Regionais: são vinhos de mesa com indicação geográfica, ou também
vinhos produzidos numa região específica de produção.

- Vinhos de Casta: são vinhos que obedecem às seguintes condições: a casta em questão deve figurar na lista das castas recomendadas na unidade administrativa na qual são colhidas as uvas; o vinho deve proceder, no mínimo 80%, desta casta; a casta deve ser determinante no carácter do vinho; o vinho deve ser designado por uma denominação geográfica, não podendo ser confundida com um VQPRD.

Embora a mais antiga RD "Região Demarcada" seja Portuguesa (Região do Vinho do Porto – 1756), Portugal só generalizou a demarcação de outras regiões produtoras de vinhos de qualidade há relativamente pouco tempo.

- IPR: "Indicações de Proveniência Regulamentada" - Em 1988 e 1989
delimitaram-se zonas que, após estudos técnicos, foram consideradas aptas para a produção de vinhos a integrar, a categoria dos VQPRD, passado um período transitório e desde de que satisfaçam as disposições estabelecidas nos estatutos de cada zona e preencham requisitos exigidos aos vinhos em geral, em particular aquela categoria.

Em cada região existe uma Comissão Vitivinícola, à qual compete a atribuição das categorias de VQPRD, de Vinho Regional e de Vinho de Casta.

O constante evoluir da actividade vitivinícola faz aparecer constantemente novos produtos.

 
Voltar atrás