Vinhos Gastronomia Portuguesa

Warning: include(): http:// wrapper is disabled in the server configuration by allow_url_include=0 in /home/expolus/public_html/gastronomia/HTML/vinhos/publicidade.html on line 1

Warning: include(http://www.expo-lusa.net/ads/ad.php?gastro1): failed to open stream: no suitable wrapper could be found in /home/expolus/public_html/gastronomia/HTML/vinhos/publicidade.html on line 1

Warning: include(): Failed opening 'http://www.expo-lusa.net/ads/ad.php?gastro1' for inclusion (include_path='.:/usr/lib/php:/usr/local/lib/php') in /home/expolus/public_html/gastronomia/HTML/vinhos/publicidade.html on line 1

  Home Page

 


Alguns termos tecnicos
que o poderão ajudar a conhecer vinhos.
Se por acaso conhece alguns termos
que não estejam aqui,
colabore connosco enviando para:

vinhos@gastronomias.com

A  B   C  D  E  F  G  H  I  J  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V   X  Z

Aberto - Vinho com pouca cor; esbatido.

Acetoso - Diz-se do vinho adulterado, azedo.
Que tem sabor avinagrado.

Acídulo- Diz-se de um vinho em que a acidez é muito elevada, quase desagradável.

Adelgaçado - Vinho a que foi misturada água quando ainda em mosto.

Adstringente - Vinho que liberta uma sensação amarga na boca provocada pelos taninos.

Agressivo - Vinho com um carácter gustativo intenso e desagradável pela excessiva adstringência e acidez.

Agridoce - Sabor simultaneamente azedo e doce que os vinhos tomam quando fermentados de forma incorrecta.

Agulha -Sensação provocada por bolhas carbónicas existentes no vinho.

Amadeirado Vinho que apresenta um aroma e sabor a madeira, causado por um estágio em cascos de carvalho.

Arejamento - Quando o mosto ou o vinho fica em contacto directo e prolongado com a temperatura ambiente.

Aromático - Diz-se dos vinhos jovens que exalam um odor característico, agradável e intenso a casta ou a fruta.

Áspero Vinho adstringente e ácido.

Aveludado Vinho macio na boca; redondo.

Aventado - Diz-se do vinho diminuído nas suas faculdades em virtude de múltiplos arejamentos.
Voltar ao Topo

B

Bafio - Diz-se do vinho atacado por bolores com sabor fortemente desagradável.

Baguear - Técnica de escurecer o vinho com sumo de baga de sabugueiro.

Bastão - Diz-se do vinho encorpado e taninoso.

Bouquet - Galicismo com o qual se designa universalmente o conjunto de aromas que se desprendem do vinho.

Branco - Diz-se do vinho de coloração amarela, leve ou carregada, devido à catechina, substância corante.

Branco-Velho - Denomina-se assim, na região de Lisboa, a mistura de vinho branco de lote com uma percentagem de «vinho abafado» (cerca de 20%) que os próprios taberneiros compõem.

Brilhante- Diz-se do vinho -tinto ou branco- que na prova se apresenta especialmente cintilante e transparente.

Butínico - Diz-se do vinho com aroma e sabor a ranço.
Voltar ao Topo

C

Caído - Diz-se do vinho transparente, após a fermentação.

Carácter - Diz-se do vinho de elevada qualidade onde todos os seus atributos típicos se encontram enaltecidos.

Carnudo - Todo o vinho tinto que pela sua forte compleição «sacia» as papilas e «espessa» a boca.

Cansado - Diz-se do vinho que esgotou as suas virtualidades, pelas múltiplas manipulações a que o submeteram.

Capitoso - Vinho com elevado teor alcoólico, que embriaga facilmente.

Carrascão - Vinho muito encorporado, «sólido» à boca e acentuadamente taninoso. Diz-se também do vinho «comum» (ver este termo.)

Casse - Galicismo que designa as diversas alterações que os vinhos sofrem no âmbito do odor e paladar.

Cervejão - Diz-se do vinho levemente gasoso, agradável ao paladar e de baixo teor alcoólico.

Chato - É um vinho em regra desequilibrado, sobretudo por falta de bouquet e de acidez. Vinho que decaiu e perdeu o carácter.

Citrino - O vinho branco cuja cor lembra o limão.

Clarete - Vinho tinto desmaiado, cujo limite se situa entre o rosado e o tinto.

Completo Vinho rico, equilibrado e harmonioso.

Complexo Vinho com grande diversidade de sensações.

Comum- Diz-se do vinho sem originalidade, sem estilo e sem carácter. Ordinário.

Corpo - È todo o vinho bem constituído e onde a proporcionalidade dos vários elementos, sem ter todavia a qualidade de um bom carácter, é harmoniosa, deixando a boca «espessa».

Cristalino - Diz-se do vinho muito brilhante.
Voltar ao Topo

D

Débil Vinho com um carácter pouco acentuado.

Decantação - Diz-se do acto de trasfegar o vinho da garrafa mãe, para outra, de preferência de cristal transparente, de forma a desembaraçá-lo das impurezas em depósito, normalmente o seu melhor atestado de vetustez.

Decrépito Vinho desequilibrado, provocado por velhice acentuada.

Delgado - Diz-se do vinho com pouco "corpo".

Delicado - Diz-se do vinho que se apresenta, em todos os seus elementos, harmonioso ao paladar, deixando um suave gosto na boca.

Desagradado Vinho que evoluiu mal; defeituoso.

Descorado - Diz-se do vinho branco praticamente incolor.

Desequilibrado - Diz-se do vinho irregular nos seus componentes e que se apresenta sem harmonia nem carácter.

Distinto - Diz-se do vinho personalizado, diferente de todos os outros da mesma casta, pelo o seu bouquet, brilho e sabor.

Duro - Diz-se do vinho que fere o paladar pela acidez e adstrigência, ainda que não seja forçosamente desagradável.
Voltar ao Topo

E

Elegante Harmonioso; delicado.

Empoado Vinho levemente turvo.

Empoeirado - Diz-se do vinho que se apresenta levemente turvo.

Enântico - Que se refere ao aroma dos vinhos.

Encoberto- Diz-se do vinho branco ou tinto que apresenta turvação.

Encorpado Vinho pastoso e espesso.

Enófilo- Aquele que é amigo do vinho e o propagandeia.

Enófobo - Aquele que tem aversão ao vinho.

Enologia - Ciência que estuda os vinhos.

Enólogo - Aquele que é versado em enologia.

Envelhecimento - Fenómeno de oxidação a que estão sujeitos alguns vinhos e que lhes permite com o tempo apurarem as suas qualidades, ao ponto de os tornar em preciosidade.

Escanção - Antigamente era o oficial da corte que tinha por encargo, na ocasião dos repastos, deitar o vinho na taça e oferecê-lo ao rei. Actualmente, nos bons restaurantes, é o chefe de vinhos que os recomenda e serve aos clientes.

Espirituoso Vinho rico de aromas e álcool.

Espumoso Zurrapa com excessivo gás carbónico artificial.

Exuberante Vinho de aromas intensos.
Voltar ao Topo

F

Febre da garrafa- Fenómeno de turvação irreversível que o vinho pode sofrer após o engarrafamento, normalmente devido ao arejamento excessivo a que esteve sujeito.

Fechado Vinho que ainda não mostra todas as suas qualidades.

Feminino Vinho elegante, sedoso na boca, de aromas serenos e tranquilos

Fino - Diz-se do vinho com um bouquet impregnante e de carácter coincidente.

Flavor -Cor cítrica que os vinhos adquirem ao envelhecer.

Flor - Patologia que ataca o vinho provocada por uma bactéria aeróbia -Micoderma vini-, que transforma em vinagre se não se tomam a tempo as necessárias providências.

Fraco - Diz-se do vinho aguado, pobre de todos os seus elementos, sobretudo de álcool.

Franco Vinho sem defeitos, de cor bem definida.

Fresco - Diz-se do vinho jovem, bem equilibrado, ligeiramente ácido, frutado e com um grau alcoólico médio.

Frutado - Diz-se do menor ou maior sabor à uva que determinados vinhos conseguem conservar.
Voltar ao Topo

G

Generoso- Vinho especialmente rico em álcool.

Genuinidade - Todo o vinho cuja pureza de casta ou de região é possível garantir.

Grande vinho- Diz-se do vinho excepcional, em que todas as suas qualidades estão enaltecidas.
É sempre o produto de uma grande colheita.

Guloso Vinho que se bebe bem pela sua macieza e equilíbrio
Voltar ao Topo

H

Harmonioso Vinho equilibrado, agradável, bonito.

Herbácio - Diz-se do vinho que apresenta, simultaniamente, aroma e sabor a fruta verde e erva fresca.

Hipocraz - Vinho em infusão de açúcar e canela.
Voltar ao Topo

J

Jeropiga - Diz-se do mosto abafado com aguardente antes de qualquer «fermentação».

Jovem - Diz-se do vinho que conserva todas as características de juventude: estrutura, aroma, cor e intensidade.
Voltar ao Topo

L

Lágrima - Rasto brilhante que se observa nas paredes internas do «copo de prova», característico da viscosidade e força do vinho.

Leve - Diz-se do vinho ligeiro de cor, de força e de corpo, apresentando no entanto um todo harmónico ao paladar.

Límpido - Diz-se do vinho isento de partículas em suspensão, visíveis a olho nu.

Longo Característica de um vinho que mantém o sabor e o aroma na boca após a sua ingestão.
Voltar ao Topo

M

Magro - Galicismo com o qual se designa universalmente o conjunto de aromas que se desprendem do vinho.

Mal de garrafa- Sabor desagradável, vagamente túrbido, que alguns vinhos generosos adquirem quando engarrafados há muito tempo. Este fenómeno é solucionável normalmente com a trasfega e um arejamento de
24 horas, antes de ir à mesa.

Malvasia- Diz-se do vinho feito do mosto das uvas desta casta.

Meduloso - Diz-se do vinho suave, aveludado e bem apaladado.

Moscatel- Vinho licoroso em cuja composição entra grande percentagem de uva moscatel, que tem a especialidade de ter um sabor almiscarado, o que lhe imprime um carácter peculiar.
O mais célebre é sem dúvida o da Região Demarcada do Moscatel de Setúbal.

Mosto - Licor imediatamente resultante da prensagem das uvas frescas e cuja composição é principalmente água, glicose, ácidos tartáricos e outros, sais minerais, substâncias albuminosas, tanino e substâncias aromáticas.
Voltar ao Topo

N

Nefalismo - Total abstinência de qualquer bebida alcoólica.

Nervoso - Diz-se do vinho vivaz na cor, aroma e paladar.

Neutro - Diz-se do vinho morto, carente de qualquer carácter. Que não provoca nenhuma emoção ao prová-lo.
Voltar ao Topo

O

Oxidado Vinho que sofreu alterações devido ao contacto com o oxigénio do ar.
Voltar ao Topo

P

Palhete - Diz-se do vinho tinto um tanto ou quanto descolorido.

Passado - Diz-se do vinho descaracterizado por um envelhecimento excessivo.
Acontece este fenómeno aos vinhos que, ab initio, não apresentam grandes características organolépticas.

Picado Vinho ligeiramente avinagrado.

Picante - Diz-se do vinho com «agulha» ou daquele que iniciou um processo acetoso.
Voltar ao Topo

Q

Quebrado Vinho em decadência.

Queimado - Diz-se do vinho generoso que tem pronunciado paladar a aguardente, o qual mais se fundirá à medida que se processar o equilíbrio.
Voltar ao Topo

R

Rascante - Diz-se do vinho excessivamente tanioso.

Redondo Macio.

Reserva - Normalmente um vinho escolhido pelo produtor pelas suas qualidades e velhice.

Retinto Vinho tinto de cor escura. Tinto carregado.

Rijo- Diz-se do vinho demasiado ácido e áspero. É normalmente de elevado teor alcoólico.

Robusto Vinho sólido rico em taninos.

Rosado ou Rosé- È um tipo de vinho tinto de cor muito desmaiada, levemente acidulado, de 10º a 11º, sendo o produto da mistura cuidada de mostos ou vinhos tintos e brancos e com pouca «curtimenta».
Voltar ao Topo

S

Sangria - Bebida típica dos povos mediterrâneos composta de vinho, açúcar, água gaseificada e frutas.

Seco - Diz-se do vinho que ao paladar não dá qualquer sensação de doce.

Sercial - Vinho da Madeira produzido por esta casta; branco, muito ácido e áspero.

Sulfídrico - Odor e gosto a enxofre que alguns vinhos adquirem durante a fermentação.
Voltar ao Topo

T

Tambuladeira - Pequena taça sem pé, de vidro ou prata, usada antigamente pelos provadores a fim de apreciarem a cor e o corpo do vinho.

Tanino - Substâncias orgânicas encontradas nas cascas, hastes e sementes das uvas. Actuam como conservantes. Conferem estrutura aos vinhos, particularmente aos tintos, sendo indispensáveis à sua longevidade.

Taninoso - Diz-se do vinho que sabe muito a tanino ou do que é fortemente adstringente.

Tawni-Port - Nome que os Ingleses dão ao vinho do Porto de cor oxigenada, envelhecido pelo o tempo, para o distinguir do vintage.

Tinto- Diz-se do vinho vermelho, escuro ou claro, cuja pigmentação é dada pela enocianina.

Topázio - Diz-se do vinho branco de cor amarelo-forte.

Toque - Paladar ou odor particular que certos vinhos ostentam, individualizando-os.

Torrão- Diz-se da característica particular, imprimida pelo o solo, nos vinhos de uma determinada região.

Tranquilo Vinho sem gás carbónico.

Trasfega- Operação que consiste na mudança do vinho de um recipiente para outro, tendo como principal objectivo depurá-lo de resíduos.

Turvo - Diz-se do vinho queà vista se apresenta parcial ou totalmente opaco.
Voltar ao Topo

V

Varietal Vinho de uma só casta de uvas.

Verdura - Diz-se do paladar especial dos vinhos novos.

Vermute - Diz-se do vinho do ano, ainda cru e com certo sabor a mosto.

Vinho Novo- Diz-se do vinho do ano, ainda cru e com certo sabor a mosto.

Vinho Verde - Diz-se de um vinho único no mundo, produzido em Portugal na região do Minho, feito com uvas muito ácidas criadas a grande altura do solo.

Vinoso –Vinho de elevada graduação, denso na boca e intenso no nariz.

Vintage- Expressão inglesa com que se designa um tipo especial de vinho do Porto, produzido só nos anos em que o ciclo de desenvolvimento das uvas e das fermentações se revestiu de excepcional qualidade.
É conhecido entre nós por «vinho de novidade».

Vivo - Diz-se do vinho cuja acidez fixa actua agradavelmente no paladar, sem se acusar excessivamente
Voltar ao Topo

X

Xerez -Vinho generoso muito afamado produzido em Espanha, em Xerez, na Andaluzia.
Voltar ao Topo

Z

Zurrapa - Diz-se da mistela que pretende passar por vinho.
Voltar ao Topo


Voltar atrás